quarta-feira, 22 de setembro de 2010

51.


Admiro a chuva. Admiro-a por ser universal. Nunca ninguém se esquece dela. Não. Congela. Salpica. Molha. Tarefa completamente impossível essa de nos esquecermos da chuva. De doidos até.

1 comentário:

Marisa disse...

Admiras a chuva e eu admiro as tuas frases. Parabéns.