quarta-feira, 15 de setembro de 2010

32.


Palavras arrancadas do coração. Revestidas de verdade. Verdade nua e crua. Com alguns vestigios de cetim.
 Mesmo como eu gosto.

2 comentários:

Marisa disse...

grande foto. mais uma vez, está LINDOO.

Vânia Macedo disse...

Obrigada Maria (:
Ah, e adoro esta frase. Adorei mesmo! Parabéns!