quarta-feira, 22 de setembro de 2010

53.


Que és um veneno já eu sei. E fica sabendo que e eu não vou permitir que me entoxiques. Desaparece com a comida e o prazer e o amor e todo o teu mundo pejado de irritantes normalidades. Desaparece mesmo. 
Para o meu bem. Para o teu bem. Para o bem de ambos.

1 comentário:

Marisa disse...

Ameii Maria. Sempre fantástica.