quinta-feira, 30 de setembro de 2010

67.


- Nunca ninguém devia confiar num homem de palavras. Nunca mesmo. É um risco demasiado elevado.
- O que te leva a dizer tal coisa?
- Vou tentar ser simples. Mais, vou ser concreta. O que os homens de palavras têm em conversa não têm em actos. Isto é, são péssimos a dar um rumo àquilo que dizem. E sabes porquê? Porque dizem-no da boca para fora. É. Usam e abusam de todos os significados. Cospem-nos sem se importarem com o valor em causa. Lá querem eles saber disso. São demasiado dados a conversa para se aprofundarem nesse campo. Por isso é que nunca nenhuma mulher devia confiar num homem dado a palavras. Não. Porque no que toca a actos são uma lástima. Uma verdadeira lástima. A sério que são.

5 comentários:

Cristina Sá Lima disse...

tao verdade.
btw, olha a tal foto! ahah

Mystic Mood disse...

Uma verdadeira lástima de facto.
Following ;)
*

Marisa disse...

AMO ESTA FOTO. E concordo, oh se concordo.

Marta disse...

Desculpa, mas tinha de comentar este post.
Parabéns! Está mesmo muito bom... Tens grandes pensamentos.
Deixou a minha cabeça, com uma realidade mais clara :)

AnaLui disse...

Este texto está mais do que certo maria! gostei muitooo mesmo :) guarda o selinho do meu blog (;
Ajuda-me a escolher uma musica, ajudas? ideias? xD